Hoje quero compartilhar com vocês essa receita de cuca italiana caseira, que há anos é feita na casa dos meus pais. Quando o assunto é cuca, a minha mãe só faz essa receita, pois ela é perfeita. Ela tem massa fofa, que desfia, é doce na medida certa, crocante na cobertura!! Uma delícia!

A cuca é muito tradicional no Sul do Brasil, existem muitas receitas diferentes, mas por padrão, a cuca é uma massa doce e amanteigada, coberta por uma farofa crocante. Basicamente, as cucas podem ser divididas em dois tipos principais: A cuca alemã que é feita com massa mole, sem sova, normalmente é recheada com frutas ou geleias e finalizada com a farofa crocante. Já a cuca italiana, é feita com uma massa um pouco mais dura, parecida com a de pão, é uma massa sovada que normalmente não recebe recheios, apenas a farofa crocante e amanteigada.

A cuca sempre é feita com fermento de pão, até existem algumas cucas rápidas que levam fermento químico, mas elas ficam bem diferentes das cucas de verdade.

Originalmente, essa cuca leva o nome de Cuca Alice, pois veio de uma Alice que trabalhava em uma padaria da cidade dos meus pais. Conversando com a minha mãe, concluímos que ela tem essa receita há mais de 20 anos e é a nossa predileta e espero que também seja aprovada na tua casa.

Se você gosta de cucas ou se que conhecer essa delícia, pode se inspirar com outras receitas que já preparei Cuca de uvaCuca alemã de banana e doce de leiteCuca de coco.

Cuca italiana caseira – Uma receita afetiva

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva

Cuca italiana caseira – Uma receita afetiva

 

Tempo de preparo:

Tempo de cozimento:

Tempo total:

 

Autor:

Categoria: Pães doces

Cozinha: Regional

  • 2 ovos
  • 120ml de suco de laranja | (1/2 xícara)
  • 120ml de de água | (1/2 xícara)
  • 240ml de leite | (1 xícara)
  • 170g de açúcar | (1 xícara rasa)
  • 2 colheres (sopa) de adoçante líquido
  • 3 colheres (sopa) de fermento biológico seco
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 3 colheres (sopa) de nata ou creme de leite
  • 3 colheres (sopa) de manteiga em ponto de pomada
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 1k de farinha de trigo (aproximadamente)
  • Noz-moscada ralada a gosto
  • Erva-doce a gosto
  • Farofa crocante
  • ¾ xícara de farinha de trigo
  • ¾ xícara de açúcar
  • 4 colheres de manteiga
  • Canela em pó a gosto
  • Para finalizar
  • 1 ovo
  • ½ colher (chá) de extrato de baunilha
  1. Em uma tigela grande coloque os ovos, o suco de laranja, a água, o leite, o açúcar, o adoçante, o fermento, o óleo, a manteiga, a nata, a noz-moscada e a erva-doce.
  2. Com uma das mãos, comece a misturar bem os ingredientes. Então, coloque duas xícaras da farinha e misture, acrescente o sal e volte a misturar.
  3. Vá acrescentando a farinha até obter uma massa que grude um pouco nas mãos.
  4. Coloque a massa sobre a bancada enfarinhada e sove por 15 minutos, acrescentando farinha quando necessário, mas sem exageros.
  5. Quando a massa estiver lisa, coloque-a na tigela, cubra com um pano ou filme plástico e deixe descansar por 40 minutos em local fechado.
  6. Coloque a massa na bancada e divida em 6 partes iguais.
  7. Faça rolos compridos com a massa, pegue três rolos e faça uma trança. Repita o processo com o restante da massa. Assim você vai obter 2 tranças grandes.
  8. Acomode as tranças em uma forma de aproximadamente 40cm x 30cm, cubra com um pano e leve para fermentar em local fechado por aproximadamente 1h15. Ela deve dobrar de volume.
  9. Enquanto isso, prepare a farofa: em uma tigela pequena coloque os ingredientes e esfregue com a ponta dos dedos até obter uma farofa uniforme e grossa.
  10. Bata ligeiramente o ovo com a baunilha.
  11. Assim que a massa estiver crescida, pincele a superfície com o ovo e espalhe a farofa sobre a cuca.
  12. Leve para assar em forno preaquecido a 200°C até que a superfície esteja dourada de leve.

Observação: A minha cuca ficou um pouco mais dourada do que deveria, pois o forno que usei aquece de forma um pouco irregular e tive que deixar um pouco mais para dourar um lado que ainda estava muito clarinho.

3.5.3251

 

 

Dicas para o preparo da cuca

  • A farinha a quantidade necessária pode variar de acordo com o tamanho dos ovos, tipo de farinha, acrescente gradualmente até obter o ponto. Ao tocar a massa com a ponta do dedo ela deve grudar de leve. Eu usei 1k e mais um pouco para sovar.
  • Adoçante ele é essencial, pois vai adoçar o suficiente, mas mantendo a leveza.
  • Suco de laranja, se você não tem laranjas em casa, troque por água.
  • Tem banha em casa? Na farofa, troque uma colher de manteiga por uma de banha, fica deliciosa e ainda mais crocante.
  • O tipo de fermento, na receita eu usei o biológico seco, mas se você quiser, pode usar o fresco dissolvido em um pouco da água da receita. Nesse caso, use 90g de fermento biológico fresco.
  • Para modelar a massa, as tranças são lindas e ajudam a deixar massa leve, mas se preferir, você pode acomodar a massa na forma e ir pressionando com a ponta dos dedos para deixar uniforme e espalhada por toda a forma, depois é só deixar crescer, finalizar com ovo e farofa e levar para assar.
  • O tempo de fermentação pode variar de acordo com a temperatura, mas é essencial que a massa dobre de volume para ir ao forno.
  • O tempo de forno muda de acordo com as características do forno. Fique de olho a partir dos 30 minutos.
  • As medidas, a xícara medidora usada para a receita é de 240ml.

 

 

 

Como fazer a cuca sem lactose?

Na casa da minha mãe, costumamos fazer essa cuca também na versão sem lactose, pois temos intolerantes à lactose na família e a cuca fica uma delícia, super leve, fofinha e tão gostosa quanto a original. Veja abaixo as substituições:

  • Leite troque por leite de coco diluído em água (50% de cada);
  • Manteiga substitua por banha ou margarina sem lactose;
  • Nata use um creme de leite sem lactose;
  • Manteiga da farofa use banha ou margarina sem lactose.

 

Na foto acima, a cuca está crescida e pronta para ir ao forno.

 

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva

 

A minha cuca ficou um pouco mais dourada do que deveria, pois o forno que usei aquece de forma um pouco irregular e tive que deixar um pouco mais para dourar um lado que ainda estava muito clarinho.

 

 

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva

 

Faça a Cuca Alice na sua casa e me conte o que achou do resultado. Deixe seu comentário no final desse post.

 

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva

 

Gostou da receita de cuca gaúcha? Então salve as imagens nas suas pastas do Pinterest, assim você pode guardar e fazer na sua casa quando quiser.

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva

 

Cuca italiana caseira - Uma receita afetiva



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 − dois =